Moderadores: Casimira Flor, Nuno Silva

Valorização do Capital Intelectual nos centros de saber

 Para que o capital intelectual se converta em valor, é necessário que a gestão da organização assuma a importância deste recurso e que, a partir da identificação das competências críticas para a realização da estratégia da organização, sejam criadas as condições necessárias ao desenvolvimento destes activos,disse a Professora Doutora Maria do Rosário Cabrita numa palestra proferida no auditório da ex estação Agronómica .O elemento central do capital intelectual é o conhecimento que cria valor, devendo a gestão do conhecimento estar alinhada com a estratégia da organização e integrar as vertentes tecnológica e social. Um dos maiores desafios da gestão do conhecimento é medir o sucesso no qual está fortemente implicado o capital humano da organização, caracterizado pelo intelecto de cada indivíduo, a experiência, a facilidade em adaptar-se às mudanças com rapidez, a capacidade em lidar com pessoas e situações adversas, etc.Os gestores, bem como as organizações, deverão encontrar formas de desenvolver certas características que são críticas ao processo de inovação, criando uma atmosfera onde as pessoas se sintam livres de trazer e lidar com ideias e aspirações (como uma fonte de energia e entusiasmo). Neste sentido, o gestor terá um papel de facilitador, gerindo o ambiente ou o contexto no qual o trabalho acontece.

Doutorada em Gestão pelo ISEG e mestre em Economia Internacional, é professora universitária e investigadora da FCT/UNL, professora coor­denadora no ISGB (Instituto Superior de Gestão Bancária) e formadora no INA (Instituto Nacional de Administração). Desempenhou funções exe­cutivas em bancos internacionais e é partner da Knowledgebiz Consulting. Trabalha ainda como consultora de gestão, no âmbito de empresas privadas, organismos públicos e bancos nacionais e internacionais. 

Recebeu o Prémio Edvinsson/Saint-Onge Best Student Paper atribuído ao trabalho de investiga­ção que serve de inspiração a esta obra, no 26.º Congresso Mundial da McMaster University, no Canadá, em Janeiro de 2005. É oradora em seminários e conferências nacionais e internacio­nais e autora de várias publicações em livros e revistas científicas especializadas, nacionais e internacionais.