Moderadores: Casimira Flor, Nuno Silva

A cultura Organizacional influencia o clima existente na Organização

Desafios da Gestão de Conhecimento

O conhecimento é um ativo corporativo, é necessário gerir e cuidar desses ativos para dominar conhecimento, pois quanto maior for o conhecimento adquirido pelas Organizações, maior vantagem competitiva poderá ter em relação aos concorrentes.

O conhecimento numa Organização é percebido na rotina de trabalho, em documentos, processos e práticas. Através do conhecimento pode ser desenvolvidos novos produtos ou serviços, facilita a tomada de decisões, criação de estratégias para enfrentar concorrentes, entre outros benefícios que agrega a Organização.

No sentido de valorizar o conhecimento das pessoas, Chiavenato , relata que “as pessoas transformam a informação em conhecimento, fazendo comparações, analisando as consequências, procurando as ligações e conversando com outras pessoas sobre as informações recebidas”.

Neste sentido, quando uma pessoa pode contribuir com o seu conhecimento para uma empresa, tem em conta suas experiências, pondera fazendo comparações com outras situações, analisando a consequência que esse conhecimento pode trazer para uma empresa e principalmente troca informações com outras pessoas e dessa troca de informações surgem ideias importantes para a Organização.

Chiavenato, relata que “o conhecimento é uma mistura da experiência condensada, dos valores, de informações contextuais e insight (discernimento) de uma pessoa e que proporciona uma estrutura para avaliação e incorporação de novas experiências e informações”. Sendo assim, o conhecimento que as pessoas possuem e a experiência que conseguiram durante o trabalho serve para que uma Organização introduza novas experiências, vivências e novos conhecimentos para a empresa

Diante do exposto anteriormente, entende-se que a gestão de uma Organização não deve valorizar só metas e objetivos, deve conhecer bem o capital o humano que dispõe, seus valores, conhecimentos, sentimentos para que através do conhecimento das pessoas individuais e no coletivo possa sim formular estratégias para atingir metas e objetivos, conseguindo tornar-se mais competitiva.

Desta forma, a Organização deve valorizar o conhecimento dos seus colaboradores, pois este é um ativo significativo, porque através do conhecimento podem-se agregar valores aos produtos, serviços, podendo inovar, criar novos produtos e serviços e a inteligência das pessoas irá favorecer transformações de uma Organização.

 

 Ref bibliográficas:

CHIAVENATO, Idalberto. - Gestão de Pessoas. 3. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008.ISBN-9788520437612